Home FormaçãoCatecismo - CIC Qual é a diferença entre catequese e evangelização?

Qual é a diferença entre catequese e evangelização?

por Redação
Compartilhe:

Vocês sabe distinguir catequese de evangelização?

Temos muitas palavras grandes em nosso vocabulário religioso. Cada uma é bastante específica no território que abrange. A catequese é basicamente educação religiosa. Está enraizada na palavra grega para “eco” e sua intenção é nutrir a vida cristã através da imitação de palavras e ações. Obviamente, a catequese envolve aprender os “fatos da fé” que nos permitem falar de maneira significativa sobre o que acreditamos.

 

Catequistas Brasil Home

 

Mas a catequese não se trata apenas de transferir informações de uma geração da igreja para a seguinte. Precisamos ecoar a fé de nossas mães e pais em um espírito que é despertado, nutrido e desenvolvido. É por isso que ouvimos muito nos últimos anos sobre “catequese em toda a comunidade” e “formação da fé adulta”. A educação religiosa não é mais apenas para crianças, e vai muito além da classe religiosa e da preparação sacramental. A catequese é um processo ao longo da vida que busca aprofundar o eco da fé, de modo a reverberar por todos os corredores de nossas vidas, relacionamentos e tomada de decisão.

Veja também:
Estão abertas as inscrições para o Catequistas Brasil 2020

O trabalho de evangelização

A catequese é importante, mas não pode ir a lugar algum sem o trabalho de evangelização . Essa palavra também tem origem grega e significa “proclamar boas novas”. No que diz respeito ao cristianismo, essas boas novas estão contidas no evangelho. Devemos lembrar que, assim como catequese não significa memorizar fatos importantes sobre fé, evangelizar não é o mesmo que gritar versículos das escrituras para os transeuntes, na esperança de que o evangelho “tome” em seus corações. Podemos pensar na evangelização como criar a centelha que acende o fogo e a catequese como o trabalho de acender a chama uma vez estabelecida.

Lamentavelmente, algumas pessoas que praticam a religião por toda a vida nunca foram adequadamente evangelizadas e, portanto, sua fé permanece não animada e onerosa, todas as obrigações e muito pouca iluminação. Da mesma forma, é possível realmente ouvir as boas novas de Jesus e acreditar nelas – mas falta o acompanhamento da catequese e, portanto, permanece como crianças espirituais, imaturas no entendimento. Quando eles trabalham de mãos dadas, no entanto, a evangelização e a catequese podem fazer de nós santos, levando-nos à fé e depois à santidade, centímetro por centímetro.

Veja também:
Accetur, agência de turismo, oferece roteiros especiais para os catequistas

Escritura

Lucas 1: 1-4; 4: 16-21; João 1: 1-18; 3: 16-21; Romanos 10: 6-15; Tiago 2: 14-18; 1 João 1: 1-4; 2: 12-17

 

Peregrinação Paulo Gil Home

 

Fonte: Traduzido do artigo original postado por Alice L. Camille em: Vocation Network 

Você também pode gostar

Deixe um comentário