CNBB promove 11º Simpósio Nacional das Famílias destacando o papel da família na catequese

por Redação
CNBB promove 11º Simpósio Nacional das Famílias destacando o papel da família na catequese

O 11º Simpósio Nacional das Famílias será realizado no próximo sábado, 29 de maio, com transmissão pelo canal da Pastoral Familiar no Youtube e pelo Facebook da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)

A Igreja reconhece o papel primordial da família na educação para a fé, no conhecimento de Jesus Cristo, com indicações a respeito em vários documentos do Magistério. Recordando as inspirações bíblicas, indicações e ensinamentos do Concílio Vaticano II e dos documentos mais recentes, o 11º Simpósio Nacional das Famílias vai destacar o papel da família na catequese. O evento on-line será realizado no próximo sábado, 29 de maio, com transmissão pelo canal da Pastoral Familiar no Youtube e pelo Facebook da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

 

Catequese.online

 

Reflexão no contexto de novo impulso à catequese

Desde o ano passado, a Igreja tem dado novo impulso à catequese, com o lançamento do Novo Diretório para a Catequese, pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, e com a instituição do Ministério de Catequista pelo Papa Francisco por meio da carta apostólica em forma de Motu Proprio Antiquum Ministerium.

O texto do novo Diretório para a Catequese recorda que “todo batizado é um discípulo missionário” e que “são urgentes esforços e responsabilidades, necessários para encontrar novos instrumentos de linguagem para comunicar a fé”. A segunda parte do documento, intitulada “O processo da Catequese”, frisa a importância da família: parte integrante e ativa da evangelização.

No início deste mês, durante uma live sobre o Motu Proprio Antiquum Ministerium, o bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, explicou que o Papa Francisco coloca a instituição do ministério de catequista “em linha de continuidade com o processo conciliar de renovação da catequese”. Segundo dom Joel, o Papa alerta para a compreensão desse ministério “no conjunto de tudo aquilo que vem sendo feito para que a catequese cresça sempre mais como uma resposta adequada aos desafios dos nossos dias, aos desafios dos tempos atuais”.

CNBB promove 11º Simpósio Nacional das Famílias destacando o papel da família na catequese

À luz de Aparecida

Na prática, essa resposta é apontada no Documento de Aparecida, no número 370, que “nos convida a ultrapassar uma pastoral meramente de conservação”, destaca dom Joel Amado. “E Aparecida nos incentiva a uma pastoral que ajude as pessoas a descobrirem e redescobrirem Jesus Cristo. ‘Recomeçar a partir de Jesus Cristo’ – Aparecida [parágrafos] 12, 41, 549”, recorda o bispo.

A família entra nesse processo como uma das “diversas forças catequéticas”, segundo dom Joel, ou os “diversos modos de ser catequista”. Nesse contexto, a comunidade é a primeira catequista.

“Sem vida de comunidade, nós podemos concluir que é muito complicado concretizar o encontro com Jesus Cristo, isso por causa do famoso vínculo entre Cristo e a Igreja (Col 1, 18) ‘Cristo é a cabeça do corpo que é a Igreja’. Há um vínculo profundo: ao Cristo que não vejo, eu chego pela Igreja, que eu vejo. Então a primeira grande catequista é a Igreja enquanto essa experiência de comunidade. Em segundo lugar, emerge a importância da família como catequista, a importância da família para o encontro com Jesus Cristo. De um lado comunidade, de outro família, são enriquecidos por essa figura indispensável na vida da Igreja que é o catequista, a catequista”.

Leia mais:
A missão do catequista: o Ministério Laical de Catequista

Palestras

O 11º Simpósio será enriquecido por essas reflexões a respeito da relação da família com os processos da catequese. O arcebispo de Curitiba (PR) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, dom José Antônio Peruzzo, vai aprofundar o tema central do evento “Família e Catequese” a partir do lema bíblico “Como poderei entender, se ninguém me explica” (At 8,31), extraído dos Atos dos Apóstolos. O texto narra o encontro de Filipe com o etíope, que lia uma passagem do livro do profeta Isaías sem entender que a profecia falava sobre Jesus.

Durante o evento também serão partilhadas experiências de catequese em família e a catequese em diferentes etapas da vida, como antes e depois do matrimônio. O assessor da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética padre Jânison de Sá Santos vai aprofundar o tema “Família e Iniciação à Vida Cristã”.

O 11º Simpósio Nacional das Famílias ocorre no sábado, das 8h às 17h, com transmissão pelo canal da Pastoral Familiar no Youtube e na página da CNBB no Facebook. É uma realização da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB, por meio da Comissão Nacional da Pastoral Familiar, com apoio da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética.

Com informações de CNBB

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Supomos que você esteja ok com isso, mas você pode optar por não usar os cookies, se desejar. Aceito

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu Carrinho está VazioVoltar para a Loja
    Precisa de Ajuda?