Home Ser CatequistaComportamento Mensagem para catequistas: chegou a sua hora!

Mensagem para catequistas: chegou a sua hora!

por Redação
Mensagem para catequistas: chegou a sua hora!
Compartilhe:

“Tenha coragem e busque com o coração aberto a ação do Espírito Santo”

Em comemoração ao mês das vocações, que acontece no mês de agosto, Douglas Reis, da Arquidiocese de Aparecida, destinou uma mensagem para catequistas, homenageando-os de forma especial!

 

Diretório Catequese

 

Chegou a sua hora catequista!

Nesses tempos difíceis em que estávamos vivendo, onde devido a pandemia do COVID-19, nossas reuniões, atividades, catequeses, celebrações, foram todas canceladas. Ficamos em nossas casas muitas vezes nos perguntando o que será de nós, o que faremos, no que podemos ajudar.

A Pastoral da comunicação de nossas paróquias através das páginas redes sociais, vem nos abrindo canais e momentos propícios para exercermos nossa missão de missionários do Evangelho e da Boa nova de Jesus Cristo.

Cabe a cada um de nós, catequista, ser o motivador e o impulsionador de esperança nesse tempo caótico. A educação da fé não pode parar e nós precisamos manobrar toda essa situação, nos esforçando como podemos e vencendo nossas barreiras e desafios.

Nós podemos observar que por diversas paróquias de nossa Igreja no Brasil, os catequistas vêm se reinventando constantemente para fazer chegar aos jovens e as crianças, os conteúdos catequéticos. As ferramentas como vídeo chamadas, grupos, aulas virtuais, tudo tem colaborado para mantermos viva a chama do amor à Cristo acesa.

Leia mais:
Dia do catequista 2020: o Senhor me chamou, aqui estou!

O que temos como um novo areópago e oportunidade são os adultos que se mantém conectados nas redes sociais, acompanhando orações e momentos que estão sendo transmitidos. Sabemos as falhas no processo catequético que muitos dos nossos fiéis possui, e com a nossa ajuda nesse tempo propicio, conseguiremos atingi-los.

Que tal se fizermos momentos de catequese falando sobre conceitos básicos como: fé, orações, preceito, dias de guarda, tradições. Passando por momentos mais concretos como a própria liturgia das celebrações, questões bíblicas e dogmas.

Cabe a nós aproveitarmos as lives, dos grupos e da interação para lançarmos a semente do processo catequético para nossos fieis adultos, eis o tempo favorável.

Isso cria espaço para que quando a pandemia acabar, a catequese permanente possa ser algo verdadeiro e concreto em nossas paróquias, e todos os fiéis possam participar e permanecer nesse processo de educação da fé, que é continuo.

Vamos! Tenha coragem e busquemos com o coração aberto a ação do Espírito Santo as novas oportunidades que o Senhor nos dá.

Leia mais:
Faça você mesmo: lembrancinhas para catequistas

Douglas Reis – Coordenador de Catequese da Paróquia Sant’Ana da Arquidiocese de Aparecida.

Você também pode gostar

Deixe um comentário