Home Ser CatequistaPlanejamento Saiba como elaborar um eficaz planejamento pastoral

Saiba como elaborar um eficaz planejamento pastoral

por Redação
Compartilhe:

O Planejamento Pastoral é uma das metodologias mais eficazes para o bom andamento de seus trabalhos

Durante a 2ª Guerra Mundial, o general Douglas MacArthur, famoso militar norte-americano que recebeu durante cerimônia oficial a rendição do Japão em 2 de Setembro de 1945, perguntou, certa vez, a um engenheiro quanto tempo levaria a construção de uma ponte sobre determinado rio. “Cerca de três dias” respondeu o engenheiro, ficando assim encarregado de elaborar o planejamento.

Três dias depois MacArthur perguntou sobre os planos. O engenheiro pareceu surpreso. “Ah! A ponte está pronta. O senhor já pode cruzá-la. Caso queira os planos, o senhor deverá esperar um pouco, pois ainda não os concluímos”.

 

Diretório Catequese

 

Moral da história

Embora a história com o general, aparentemente, seja uma apologia do improviso, na verdade, hoje, cada vez mais se torna necessário o planejamento em qualquer atividade que se exerça. Ora, como pastoral é ação da Igreja visando atingir o objetivo de sua existência, que é ser missionária e evangelizadora, porque ela se preocupa em realizar sua atuação da melhor forma possível e planejada. Contudo, planejar, ao invés de improvisar, é buscar o melhor caminho para atingir o objetivo perseguido.

Organize seu plano

Dessa forma, para que um planejamento seja eficaz é preciso que empregue uma metodologia participativa, ou seja, que envolva todas as pessoas que tenham alguma relação com o mesmo. Assim, quando os agentes da pastoral participam da elaboração do plano eles se comprometem na sua execução, além de todos se sentirem responsáveis pela missão da Igreja.

Conheça o Congresso Catequistas Brasil! De 08 a 10 de fevereiro de 2019
“Para que os habitantes dos centros urbanos e de suas periferias, cristãos ou não cristãos possam encontrar em Cristo a plenitude de vida, sentimos a urgência de que os agentes de pastoral, enquanto discípulos e missionários, esforcem-se em desenvolver (…) Um plano de pastoral orgânico e articulado que se integre a um projeto comum às paróquias, comunidades de vida consagrada, pequenas comunidades, movimentos e instituições que incidem na cidade, e que seu objetivo seja chegar ao conjunto da cidade” (DA, 518b). Nesse sentido, o planejamento pastoral deve articular todas pastorais, de modo a criar uma sinergia entre elas.

8 passos para a elaboração do plano pastoral

  1. Realize um diagnóstico da situação, verificando os problemas e necessidades existentes;
  2. Descubra quais fatores contribuem para suas existências, tanto os positivos quanto os negativos;
  3. Busque soluções e estabeleça prioridades na execução;
  4. Identifique os setores e as pessoas envolvidas na ação pastoral e escreva os passos operacionais;
  5. Faça o levantamento dos recursos humanos, físicos e econômicos necessários para a execução do plano;
  6. Apresente metodologia de trabalho na ação pastoral: formação, palestra, testemunhos, etc;
  7. Liste as ações pastorais, sinalizando o que vai fazer, quando, com quem, como, quais os recursos empregados e o local;
  8. Aponte a previsão de custos e os recursos financeiros para cobri-los.

Planejamento é uma ação essencial para a missão de todo catequista. Esse será um dos assuntos abordados no CATEQUISTAS BRASIL. Inscreva-se no Congresso Nacional Catequistas Brasil e participe deste grande encontro de formação!

Diác. Francisco de Assis Gonçalves é Coordenador da Pastoral da Comunicação da Arquidiocese de São Paulo.

 

Peregrinação Paulo Gil Home

 

Fonte: Revista Paróquias, ed. 16. Para ler mais matérias sobre gestão eclesial e secretaria paroquial, assine já: (12) 3311-0665 ou assinaturas@promocat.com.br

Você também pode gostar

Deixe um comentário