Nossa Senhora de Fátima: história, segredos e milagres

por Redação
Nossa Senhora de Fátima: história, segredos e milagres

Nossa Senhora de Fátima é a aparição mais recente da Virgem Maria

Durante a Primeira Guerra Mundial, o Papa Bento XV suplicou a Deus e pediu a intercessão de Nossa Senhora para que a humanidade alcançasse a paz. Em maio de 1917, fez um apelo direto à Virgem Santíssima, então uma semana depois, as aparições de Nossa Senhora começaram a aparecer em Fátima, uma pequena vila em Portugal. Os contemplados por suas visitas foram três crianças: Jacinta, Francisco e Lúcia.

 

Diretório Catequese

 

A Primeira aparição de Fátima: 13 de maio de 1917

Jacinta,Francisco e Lúcia | Imagem: reprodução

Embora a primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima tenha sido em 1917, um ano antes as três crianças receberam a visita do Anjo da Paz em preparação para a futura visita da Santíssima Virgem. O anjo os convidou a rezar e sempre pedir a Deus pela paz, devido a guerra que se intensificava.

Foi então, que no dia 13 de maio de 1917, enquanto os três estavam levando rebanhos para pastar, depois do almoço e do Rosário, avistaram um clarão como um raio no céu azul. Segundo Lúcia, quando olharam em direção a luz que se destacava, ali estava “Uma dama vestida de branco, mais brilhante que o sol, irradiando uma luz mais clara e intensa que um copo de cristal cheio de água com gás, iluminada pela luz do sol ardente”. Ela dizia:

“Não tenha medo, não vou machucá-los. Eu venho do céu. Vim pedir para você vir aqui por seis meses no 13º dia do mês, nesta mesma hora. Mais tarde, direi quem sou e o que desejo. E voltarei aqui pela sétima vez.”

Nossa Senhora pediu nessa aparição para os pequenos rezarem o rosário todos os dias para trazer paz ao mundo e o fim da guerra. Obedientes, A partir dai as crianças passaram a jejuar e viver momentos de intensa oração todos os dias. Muitas pessoas não acreditavam na veracidade do que foi vivido pelas crianças, assim Lúcia, Francisco e Jacinta foram alvos de muitos insultos e provações.

Fátima aparece pela segunda vez: 13 de junho de 1917

Embora existisse quem não acreditasse, havia pessoas que tinham fé nas crianças. Em 13 de junho de 1917, um mês após a primeira aparição, cerca de 50 pessoas foram testemunhar a oração de Lúcia e seus primos. Naquele dia, Nossa Senhora reapareceu novamente com um lampejo de luz, e desta vez outras pessoas puderam dar testemunho da presença da Mãe de Deus na terra.

Nossa Senhora de Fátima revelou que Jacinta e Francisco morreriam em breve, mas que Lúcia iria continuar na terra para atender aos desígnios que Jesus teria escolhido para ela:

“Ele deseja estabelecer devoção ao meu Imaculado Coração em todo o mundo. Prometo salvação a quem a abraçar. Essas almas serão queridas por Deus, como flores colocadas por mim para adornar seu trono” – disse Maria

Os segredos de Fátima: 13 de julho de 1917

Na terceira aparição de Fátima, a Santíssima Virgem anunciou que revelaria quem ela era e faria um milagre em outubro. Até lá, reforçou o pedido do rosário para as crianças e o compromisso de estarem ali rezando todo dia 13 de cada mês:
“Continue a vir aqui todos os meses. Em outubro, direi quem sou e o que quero, e farei um milagre para todos verem e acreditarem.”

Na mesma aparição, Nossa Senhora revelou às crianças o primeiro segredo. Maria abriu as mãos e raios de luz pareciam penetrar na terra, revelando uma aterrorizante visão do inferno, cheio de almas perdidas e demônios.

“Você viu o inferno para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para salvá-los, Deus deseja estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. Se o que eu digo a você for feito, muitas almas serão salvas e haverá paz. A guerra vai acabar; mas se as pessoas não cessarem de ofender a Deus, uma pior acontecerá durante o pontificado de Pio XI. Quando vir uma noite iluminada por uma luz desconhecida, saiba que este é o grande sinal dado por Deus de que ele está prestes a punir o mundo por seus crimes, por meio de guerra, fome e perseguições à Igreja e aos Santos”

“Para evitar isso, solicitarei a consagração da Rússia ao meu Imaculado Coração e a Comunhão de Reparação nos primeiros sábados. Se meus pedidos forem atendidos, a Rússia será convertida e haverá paz; caso contrário, ela espalhará seus erros por todo o mundo, causando guerras e perseguições à Igreja. O bem será martirizado; o Santo Padre terá muito que sofrer; várias nações serão aniquiladas. No final, meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrará a Rússia para mim e ela se converterá, e um período de paz será concedido ao mundo.” – esta foi a revelação do Segundo Segredo de Fátima.

O terceiro milagre de Fátima foi revelado apenas em 2000, na cerimônia de beatificação de Jacinta e Francisco e se trata de uma visão enigmática que representa a batalha da igreja.

O milagre do Sol

Multidão que presenciou o milagre do Sol | Imagem: Reprodução

Após outras aparições sempre envolvendo o dia 13 de maio de cada mês, em que Nossa Senhora reafirmava sempre a importância de se rezar o rosário, quando chegou outubro, o mês que Maria prometeu um milagre, ocorreu “Milagre do Sol”. O fenômeno foi visto a uma distância de 25 a 25 milhas, descartando assim a possibilidade de qualquer tipo de alucinação coletiva ou hipnotismo em massa e converteu muitas pessoas que não possuíam fé.

O milagre consistiu a dança do sol, suas flutuações de cor, seu turbilhão e sua descida em direção à terra. Havia também a quietude nas folhas das árvores, apesar dos ventos uivantes, a completa secagem do solo encharcado de chuva e a restauração de roupas todas molhadas e cobertas de lama, de modo que, como dizia Dominic Reis, testemunha ocular, “Eles pareciam ter acabado de voltar dos produtos de limpeza”. Curas físicas de cegos e coxos foram relatadas.

Oração de Nossa Senhora de Fátima

Santíssima Virgem, que na Cova da Iria vos dignastes aparecer a três humildes pastorinhos e lhes revelastes os tesouros de graças contidos na reza do Terço, incuti profundamente em nossa alma o devido apreço em que devemos ter por esta devoção, para Vós tão querida, a fim de que, meditando os mistérios da nossa Redenção, aproveitemos de seus preciosos frutos e alcancemos as graças…Que vos pedimos nesta devoção, se forem para maior glória de Deus, honra vossa e salvação de nossas almas. Amém.

Peregrinação Paulo Gil Home
Por Redação Catequistas Brasil

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Supomos que você esteja ok com isso, mas você pode optar por não usar os cookies, se desejar. Aceito

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu Carrinho está VazioVoltar para a Loja
    Precisa de Ajuda?