Home Formação Nossa Senhora Auxiliadora: guia e protetora dos cristãos

Nossa Senhora Auxiliadora: guia e protetora dos cristãos

por Redação
Nossa Senhora Auxiliadora: guia e protetora dos cristãos
Compartilhe:

A devoção à Nossa Senhora auxiliadora é comemorada no dia 24 de maio

Maria é venerada pela Igreja Católica em seus diversos títulos, homenagens e aparições que ocorreram ao longo da história. Dentre tantos relatos e devoções, no mês de maio considerado o mês mariano comemora-se a aparição de Nossa Senhora Auxiliadora dos cristãos, no dia 24. É o título de Maria que remete à ajuda da Virgem Santíssima que garantiu a vitória da igreja durante a guerra armada contra o exército muçulmano em Lepano. Também Possui grande popularidade devido o grande carinho e devoção que São Dom Bosco possuía por ela, a nomeando padroeira dos trabalhos e movimentos salesianos da igreja católica.

 

Diretório Catequese

 

História de Nossa Senhora Auxiliadora

Em meio a igrejas incendiadas, atentados contra cristãos e cidades inteiras destruídas pelo simples fato de crerem em Jesus, no ano de 1571, travou-se uma batalha da igreja que defendia a fé em Cristo, em contraposição ao exército muçulmano que avançava com o objetivo de tomar a Europa. O catolicismo também enfrentava o movimento protestante que ganhava força, assim muitas eram as provações de fé.

Desse modo, o Santo Padre da época, Papa Pio V, conseguiu unir líderes europeus para defender o continente, a vida e a fé. Não foi uma batalha fácil, cerca de 208 navios com 80 mil soldados se juntaram para vencer a guerra, no entanto, o exército otomano era maior e mais forte, escravizando mais de 10 mil cristãos que perdiam a batalha.

Mas o exército católico possuía um diferencial, ele tinha a fé. Antes de entrarem em batalha, os soldados jejuavam, confessavam e se agarravam ao terço. Ao mesmo tempo que os cristãos em Roma não cessavam de rezar o Rosário de Nossa Senhora. Assim, aconteceu um dos mais belíssimos e marcantes milagres da presença de Maria: enquanto os otomanos venciam a batalha e massacravam os católicos, o exército inimigo avistou uma mulher gigante que vinha ao auxílio dos cristãos, fazendo com que os soldados fugissem e a assim a fé católica venceu a guerra.

Além desse milagre, ao mesmo tempo, o Papa Pio V ficou sabendo da vitória dos soldados antes mesmo que eles retornassem para Roma, pois teve uma visão enquanto rezava sem medir esforços com os religiosos que estavam com ele se apoiando no terço. Então, a partir desse acontecimento em outubro de 1571, o Santo Padre concedeu à Maria, o título de Auxílio dos Cristãos na Ladainha de Nossa Senhora.

Leia mais:
Preparação para o mês mariano: confira músicas de devoção à Nossa Senhora

Nossa Senhora Auxiliadora e sua ligação com a congregação salesiana de Dom Bosco

Maria Auxiliadora também é muito popular devido ao grande carinho e devoção que Dom Bosco possuía por essa homenagem à Maria. Ele foi o responsável pela construção da basílica de Nossa Senhora Auxiliadora no ano de 1862 e a escolheu como padroeira da Congregação Salesiana Católica e Congregação Filhas de Maria Auxiliadora, junto com Santa Maria Domingas Mazzarello para eternizar sua gratidão a esse título da Virgem Santíssima.

A devoção à Nossa Senhora Auxiliadora

Devido sua história, Nossa Senhora Auxiliadora é considerada a protetora e guia dos cristãos, principalmente nos momentos mais difíceis e desanimadores, como estavam os soldados católicos em meio à batalha que parecia impossível de ser vencida. A narração da aparição de Maria Auxílio dos Cristãos, demonstra o poder da oração e a grandiosidade da figura da Santíssima Virgem no céu e na Terra.

Ela também é considera protetora dos lares e famílias, devido as inúmeras graças alcançadas por sua intercessão. Sua festa ocorre anualmente no dia 24 de maio e é marcada pela ladainha de Nossa Senhora e a coroação.

Oração de Nossa Senhora Auxiliadora

Santíssima Virgem Maria
a quem Deus constituiu Auxiliadora dos Cristãos,
nós vos escolhemos como Senhora e Protetora desta casa.
Dignai-vos mostrar aqui Vosso auxílio poderoso.

Preservai esta casa de todo perigo:
do incêndio, da inundação, do raio, das tempestades,
dos ladrões, dos malfeitores, da guerra
e de todas as outras calamidades que conheceis.

Abençoai, protegei, defendei,
guardai como coisa vossa
as pessoas que vivem nesta casa.

Sobretudo concedei-lhes a graça mais importante,
a de viverem sempre na amizade de Deus,
evitando o pecado.

Dai-lhes a fé que tivestes na Palavra de Deus,
e o amor que nutristes para com Vosso Filho Jesus
e para com todos aqueles
pelos quais Ele morreu na cruz.

Maria, Auxílio dos Cristãos,
rogai por todos que moram nesta casa
que Vos foi consagrada.

Por Redação Catequistas Brasil

Peregrinação Paulo Gil Home

Você também pode gostar

2 comentários

5 dicas para viver o mês de Maria na catequese familiar 4 de maio de 2020 - 14:50

[…] Leia mais: Nossa Senhora Auxiliadora: guia e protetora dos cristãos […]

Resposta
5 DICAS PARA VIVER O MÊS DE MARIA NA CATEQUESE FAMILIAR - Paróquia Santa Isabel 5 de maio de 2020 - 12:48

[…] Leia mais: Nossa Senhora Auxiliadora: guia e protetora dos cristãos […]

Resposta

Deixe um comentário