Divulgado o hino da Campanha da Fraternidade 2021

por Redação

O hino da Campanha da Fraternidade 2021, que nesta edição será Ecumênica, foi escolhido por meio de concurso

A Comissão organizadora da Campanha da Fraternidade 202, que nesta edição será Ecumênica (CFE), divulgou o hino escolhido por meio de concurso. A composição é de frei Telles Ramon e conta com a música de Adenor Leonardo Terra. O hino é marcado pelo convite “Venham todos” em cada estrofe. A CFE 2021 tem como tema “Fraternidade e diálogo: compromisso de amor”. O lema é “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” (Ef 2, 14a).

 

Diretório Catequese

 

Padre Patriky Samuel Batista, secretário executivo de Campanhas da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e membro da comissão organizadora articulada pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC), chama atenção para o convite contido na música: “Venham! Em nome de Cristo que é nossa paz, sejamos fraternos, humildes e solidários. Homens e mulheres capazes de viver o diálogo como compromisso de quem ama testemunhando a unidade desejada por Cristo”.

Motivação

O autor da letra, frei Telles Ramon, foi motivado pelo tema sobre a Unidade dos Cristãos. “Sobre a superação de qualquer divisão e polarização presentes nas Igrejas e também na sociedade”, e decidiu iniciar as estrofes com o invitatório “Venham todos…”.

“De fato, a CFE é um grande convite às mulheres, aos homens da sociedade e das Igrejas a se unirem nas diferenças, nas particularidades, mas num único sentido e norte: Jesus Cristo e seu Evangelho”, afirmou frei Telles.

Já Adenor Leonardo, que compôs a música em parceria com frei Telles, espera que o hino “possa colaborar com o crescimento do movimento ecumênico e, assim, impulsionar o diálogo e o amor como atitudes concretas de conversão para o tempo da Quaresma”.

O músico também partilhou que procurou ater-se “a algumas constantes rítmicas e melódicas presentes na música brasileira, como o uso de divisões rítmicas sincopadas e do ritmo de baião, além de uma escala melódica híbrida, que mescla o modo menor com o modo dórico”.

Leia mais:
Igreja do Brasil se prepara para vivenciar a Campanha da Fraternidade 2021

Aprenda o Hino da Campanha da Fraternidade 2021

Baixe a letra e a partitura do hino da CFE 2021.

Confira também um vídeo que ajudará as comunidades:

Partilha

Os autores do hino da CFE 2021 comentaram da alegria de ter sua composição escolhida e contaram suas motivações e inspirações na construção da música.

Frei Telles Ramon

Frei Telles Ramon | Foto: arquivo pessoal

Para mim é uma alegria e uma honra ter um texto meu escolhido como letra do Hino da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021. É a primeira vez que me acontece isso!

No dia 28 de janeiro de 2020, Irmã Selma, diretora do Colégio onde trabalho como professor e capelão, me enviou o link do edital do concurso para o Hino da CFE 2021. Li o edital, comecei a ter umas ideias, mas estava sem inspiração. Quando o concurso foi prorrogado devido à pandemia, faltando uns 20 dias para o término, voltei ao edital e comecei a meditar sobre o tema e lema da CFE 2021.

Por se tratar do tema sobre a Unidade dos Cristãos, sobre a superação de qualquer divisão e polarização presentes nas Igrejas e também na sociedade, decidi iniciar as estrofes com um invitatório (convite) “Venham todos…”. De fato, a CFE é um grande convite às mulheres, aos homens da sociedade e das Igrejas a se unirem nas diferenças, nas particularidades, mas num único sentido e norte: Jesus Cristo e seu Evangelho.

Por isso, a letra do hino ressalta valores e posturas de vida que têm como fonte a Boa Notícia do Reino, ou seja, palavras-chave que reforçam a reflexão ecumênica com toda sua carga teológica: “um só coração”, “mãos dadas”, “caminhar com o Mestre”, ser “testemunhas”, “construamos a unidade”, etc. As estrofes desenvolvem o assunto.

No refrão, como o próprio nome diz, refreia do desenvolvimento das ideias, fazendo-nos voltar à ideia, ao tema central: “Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade” (cf. Ef 2,14a).

Que este texto e música possam ajudar as nossas comunidades cristãs a viverem a solidariedade e a unidade que a CFE nos propõe.

 

Assine Revista-desktop

 

Adenor Leonardo

Adenor Leonardo Terra | Foto: arquivo pessoal

É uma satisfação, primeiramente, poder participar do concurso para o hino da Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021 e uma alegria ainda maior saber que a proposta que fiz com Frei Telles Ramon foi escolhida.

Quando Frei Telles propôs esta parceria, aceitei-a de imediato, pois o tema do ecumenismo é muito especial para mim. Particularmente, penso que iniciativas em prol de uma mentalidade ecumênica são necessárias e deveriam ser mais constantemente promovidas pelas dioceses, igrejas e comunidades. Sobretudo num tempo onde presenciamos tantos revanchismos e radicalismos, inclusive no âmbito religioso, carecemos de iniciativas que promovam a união, o diálogo e o respeito, a partir do que é comum, que é a fé em Jesus Cristo.

Quanto à música, procurei ater-me a algumas constantes rítmicas e melódicas presentes na música brasileira, o uso de divisões rítmicas sincopadas e do ritmo de baião, além de uma escala melódica híbrida, que mescla o modo menor com o modo dórico.

Oxalá este hino possa colaborar com o crescimento do movimento ecumênico e, assim, impulsionar o diálogo e o amor como atitudes concretas de conversão para o tempo da Quaresma.

Com informações de CNBB

Você também pode gostar

1 comentário

Rozana Tossige 23 de julho de 2020 - 18:16

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!!
Sempre imaginei todas as Igrejas Unidas!!
É o Ecumenismo chegando!
Vamos todos nos unir e formar a aliança.
A Paz para todos e o Amor de Jesus!!

Resposta

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Supomos que você esteja ok com isso, mas você pode optar por não usar os cookies, se desejar. Aceito

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu Carrinho está VazioVoltar para a Loja
    Precisa de Ajuda?