Home FormaçãoCatecismo - CIC Encontre na pedagogia de Jesus a fonte inesgotável da sacralidade

Encontre na pedagogia de Jesus a fonte inesgotável da sacralidade

por Redação
Compartilhe:

“Somos uma Igreja que crê Palavra e no gesto”

Na Igreja católica existe a Palavra e o Sinal. Nesta ordem, primeiro a Palavra, depois o Sinal. Mas ambos são importantes. O sinal quase sempre vem acompanhado de gestos. E deriva sua força e significado da Palavra, porque a Palavra de Deus vem por primeiro. Sem a Palavra nem haveria a religião. E não haveria a nossa Igreja. Porque Deus se comunicou com pelos patriarcas Abraão, Jacó e outros. E por líderes como Moises e profetas como Isaias, Jeremias e Jacó. E finalmente, Jesus de Nazaré, em cuja palavra nós cremos. De tal modo ele amava Deus, que o chamava de Pai e Ele era o Filho. Sendo assim, ninguém foi mais Filho do que Ele. Poderoso em palavras e sinais.

 

Catequistas Brasil Home

 

Cada palavra tinha seu significado. E cada gesto tinha o seu porquê. Seus gestos marcavam vidas. Ele dizia e fazia. Curava cegos e coxos, e surdos e mudos só coma força da palavra. Mas muitas vezes fez um gesto e ensinou os seus darem um sinal. Untou os olhos do cego com barro e saliva, curou alguém que o tocou. Tocava os olhos dos cegos e a língua dos mudos. O povo o tocava o tempo todo.

Tocava nos febris (Mt 8,5) e nos leprosos (Mt 8,3) antes de curá-los, quem os tocava ficava limpo. Vivia espremido pelo povo. Tocou o esquife antes de ressuscitar o jovem falecido.

Leia mais:
Estão abertas as inscrições para o Catequistas Brasil 2020

Os sinais

Tocava mão, olhos, orelhas, esquifes. O sinal era importante. Mais tarde o povo tocava Paulo com lenços e aventais e era curado (At 19,12). A simples sombra de Pedro curava doentes. Mandou os leprosos curados visitar o Templo. Dessa forma, pedia gestos concretos.

Assim foi a Igreja que nascia. Vivia da Palavra e dos sinais. Nem só a Palavra, nem só o sinal. Ambos. Porque também o gesto e sagrado. Outras Igrejas acentuam quase somente a Palavra. Basta-lhes isto. Nós católicos, acentuamos a Palavra e os gestos e os sinais. Por isso, batizamos, ungimos, abençoamos, partimos pão, ligamos, traçamos o sinal da cruz sobre coisas e pessoas, ajoelhamos, abrimos os barcos, vestimos roupas especiais.

Tudo tem seu significado, é sagrado, é sacramento. Aponta para a Palavra de Deus, nasce da Palavra de Deus lembra Jesus, aponta para Jesus.

Sete ritos especiais, porém recebem o nome de sacramentos. Há mais, mas estes tem maior significado pedagógico. A nossa é a Igreja do pão repartido, do batismo, das águas eternas, óleo do crisma, das bênçãos e das unções e das procissões. Cremos no gesto e na pedagogia de Jesus.

Leia mais:
Catequistas Brasil levará você para conhecer os passos de Jesus na Terra Santa e Itália

Jesus também acreditava na pedagogia do sinal. Por isso, quando nos perguntarem sobre nossos sacramentos, respondamos com naturalidade: somos uma Igreja que crê Palavra e no gesto. Contudo, na próxima vez que você atravessar uma sinaleira, pense na Igreja. Sinais ajudam a viver. Os sacramentos também.

 

Peregrinação Paulo Gil Home

 

Por Padre Zezinho, SCJ

Fonte: Revista Paróquias

Você também pode gostar

Deixe um comentário