#minisermão: 4ª Semana da Quaresma – Segunda-feira

por Redação
#minisermão: 4ª Semana da Quaresma - Segunda-feira

Confira o #minisermão desta segunda-feira: “Nas urgências, acredite que Deus está agindo, mesmo que você não veja os sinais (Jo 4,43-54).”

Evangelho (Jo 4,43-54)

Naquele tempo, 43Jesus partiu da Samaria para a Galileia. 44O próprio Jesus tinha declarado, que um profeta não é honrado na sua própria terra. 45Quando então chegou à Galileia, os galileus receberam-no bem, porque tinham visto tudo o que Jesus tinha feito em Jerusalém, durante a festa. Pois também eles tinham ido à festa. 46Assim, Jesus voltou para Caná da Galileia, onde havia transformado água em vinho.Havia em Cafarnaum um funcionário do rei que tinha um filho doente. 47Ouviu dizer que Jesus tinha vindo da Judeia para a Galileia. Ele saiu ao seu encontro e pediu-lhe que fosse a Cafarnaum curar seu filho, que estava morrendo. 48Jesus disse-lhe: “Se não virdes sinais e prodígios, não acreditais”. 49O funcionário do rei disse: “Senhor, desce, antes que meu filho morra!” 50Jesus lhe disse: “Podes ir, teu filho está vivo”. O homem acreditou na palavra de Jesus e foi embora.51Enquanto descia para Cafarnaum, seus empregados foram ao seu encontro, dizendo que o seu filho estava vivo. 52O funcionário perguntou a que horas o menino tinha melhorado. Eles responderam: “A febre desapareceu, ontem, pela uma da tarde”. 53O pai verificou que tinha sido exatamente na mesma hora em que Jesus lhe havia dito: “Teu filho está vivo”. Então, ele abraçou a fé, juntamente com toda a família. 54Esse foi o segundo sinal de Jesus. Realizou-o quando voltou da Judeia para a Galileia.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

#minisermao

Nas urgências, acredite que Deus está agindo, mesmo que você não veja os sinais. Jesus andava pela Galileia, de Nazaré para Caná e de Caná para Cafarnaum e via que muita gente buscava sinais. Mesmo os mais religiosos observantes da Lei, procuravam sinais. Mas um funcionário do rei chegou para Jesus e disse: “Meu filho está doente. Vamos lá em casa”? E Jesus disse: “Pode ir, teu filho está vivo”. O homem acreditou e voltou para a casa sem a garantia! E, no caminho, as pessoas chegaram e disseram: “Teu filho está bem”! E ele perguntou: “A que hora ele melhorou”? E era, exatamente, na hora em que Jesus lhe disse: “Teu filho está vivo”. Creia, mesmo que não tenha sinais evidentes da ação, neste momento, Deus está agindo (Jo 4,43-54)!

Pe. Joãozinho, scj

Ouça!

Diretório Catequese

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Supomos que você esteja ok com isso, mas você pode optar por não usar os cookies, se desejar. Aceito

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu Carrinho está VazioVoltar para a Loja
    Precisa de Ajuda?