#minisermão: 4ª Semana da Quaresma- Anunciação do Senhor – Quarta-feira

por Redação
#minisermão: 4ª Semana da Quaresma- Anunciação do Senhor - Quarta-feira

Confira o #minisermão desta quarta-feira: “Maria é o comprovante de endereço do cristianismo. Foi naquele dia e naquele lugar que o Céu se misturou definitivamente com a Terra (Lc 1,26-38)”

Evangelho (Lc 1,26-38)

Naquele tempo, 26o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da Virgem era Maria. 28O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!”29Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”.34Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?” 35O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37porque para Deus nada é impossível”. 38Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

#minisermao

Maria é o comprovante de endereço do cristianismo. Foi naquele dia e naquele lugar que o Céu se misturou definitivamente com a Terra. Foi a mistura do “Alegra-te, cheia de graça!” do Anjo Gabriel com o “Eis-me aqui!” da menina tão jovem, mas tão responsável. E o verbo se fez carne e habitou no meio de nós e nós vimos a sua glória! E Jesus cresceu e nos deixou a Salvação. Todo momento, este mistério de comunhão entre o Céu e a Terra se repete em cada Celebração, em cada Eucaristia. Quando no ventre da Igreja, no coração do Povo de Deus, o verbo, a Palavra se encarna e nos permite morar na sua tenda (Lc 1,26-38).

Pe. Joãozinho, scj

Ouça!

Diretório Catequese

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Supomos que você esteja ok com isso, mas você pode optar por não usar os cookies, se desejar. Aceito

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu Carrinho está VazioVoltar para a Loja
    Precisa de Ajuda?