Catequese hoje: O que é catequese? Para que serve?

por Redação
Catequese hoje: O que é catequese? Para que serve?

O que é catequese? Para que serve?

Ainda hoje muita gente não sabe o que é de fato catequese. É triste, mas para alguns é somente um “cursinho” da Igreja Católica, na qual as famílias “matriculam” seus filhos porque são católicos, e todo católico deve fazer, para certificar que é de fato um católico. Total engano… Catequese é muito mais que isso. É educação para a fé. Fé que supostamente se aprende em casa, com pai, mãe, família.

Diretório Catequese

 

Ela vai reforçar e aprofundar esses ensinamentos, ela tem a função de regar aquela sementinha plantada pela família, para que esta floresça e dê bons frutos. Já se sabe que a catequese vem desde o ventre materno, também se entendeu que não é mais possível intervalos entre um sacramento e outro, que é necessária uma catequese permanente, de continuidade, aliás, seu objetivo não é só o Sacramento em si. Terminou o sacramento e acabou. É MISSÃO, missão para formar novos discípulos missionários, evangelizar e nos prepara como cristãos para o encontro pessoal com Nosso Senhor Jesus Cristo.

O que ensina a catequese?

Na catequese se fala o que ensina a Igreja, a doutrina, a tradição da Igreja, e sobretudo do amor de Deus. Ninguém está autorizado a falar o seu ponto de vista particular, sua opinião pessoal. Na igreja e nos encontros só se fala em nome de Deus e o que a Igreja ensina. E quem são essas pessoas que falam em nome da igreja? Catequista é aquela pessoa que recebe e aceita o chamado de Deus para a Catequese, aquela pessoa que já fez seu encontro pessoal com Jesus e agora tem a missão de ser um facilitador e conduzir o outro – seu catequizando – seja ele criança, jovem ou adulto a ter esse mesmo encontro com o Cristo Jesus.

E o que é preciso para ser um bom catequista?

Um bom Catequista é aquele ou aquela que tem suas obrigações de rotina mas, que arruma um tempo para se dedicar aos encontros, preparar com carinho e antecedência cada encontro, participar das reuniões, das formações.

O catequista além de todo amor envolvido na catequese, com os catequizandos e suas famílias – sim, as famílias, porque estas, na maioria das vezes, não tiveram contato mínimo com a catequese e as coisas de Deus, e consequentemente, não tem o que transmitir aos seus filhos, eles também precisam ser catequizados. Para ser um bom catequista acima de tudo é preciso amor. Amor às criaturas de Deus, amor às coisas de Deus.

Também é preciso comprometimento. Não é possível um catequista individualista, aquele que só faz o que quer, que não se atualiza, que não faz o básico para um encontro de excelência na catequese. Catequista nem tão pouco Catequese é um trabalho voluntário da igreja, que você faz quando e como pode. É MISSÃO… E missão quando a gente aceita, a gente assume sem nenhum MASSS…. Na catequese de hoje, é unanime a afirmação… quem é catequista já há alguns anos, e se acha experiente, sabe tudo, está completamente enganado – este catequista esta sim, desatualizado, ultrapassado. A Catequese hoje exige FORMAÇÃO PERMANENTE, uma catequese que venha desde o ventre materno até a fase adulta, sem interrupções, para assim formar os discípulos missionários que nossa igreja tanto almeja.

Por Andreia Canassa

 

Peregrinação Paulo Gil Home

1 comentário

Maria de Nazaré Corrêa Peixoto 5 de junho de 2020 - 22:12

A serviço de Deus na minha comunidade. Paróquia Cristo Rei, Nova Califórnia, RO

Resposta

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Supomos que você esteja ok com isso, mas você pode optar por não usar os cookies, se desejar. Aceito

0
    0
    Seu Carrinho
    Seu Carrinho está VazioVoltar para a Loja
    Precisa de Ajuda?