Home Liturgia Liturgia Diária: 17ª Semana do Tempo Comum | Quinta-feira – 30/07/2020

Liturgia Diária: 17ª Semana do Tempo Comum | Quinta-feira – 30/07/2020

por Redação
Confira a liturgia desta quinta-feira - 30/07/2020 com o vídeo do #minisermao do evangelho de hoje comentado pelo padre Joãozinho, scj
Compartilhe:

Confira a liturgia desta quinta-feira – 30/07/2020

Cor Litúrgica: Branco

Conheça o Catequistas Brasil, o maior evento para catequistas que você já viu!

Primeira Leitura de hoje (Jr 18,1-6)

Leitura do Livro do Profeta Jeremias.

1Palavra dirigida a Jeremias, da parte do Senhor: 2“Levanta-te e vai à casa do oleiro, e ali te farei ouvir minhas palavras”. 3Fui à casa do oleiro, e eis que ele estava trabalhando ao torno; 4quando o vaso que moldava com barro se avariava em suas mãos, ei-lo de novo a fazer com esse material um outro vaso, conforme melhor lhe parecesse aos olhos. 5Fez-se em mim a palavra do Senhor: 6“Acaso não posso fazer convosco como este oleiro, casa de Israel? Diz o Senhor. Como é o barro na mão do oleiro, assim sois vós em minha mão, casa de Israel”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

Salmo Responsorial de hoje (Sl 145)

— Feliz quem se apoia no Deus de Jacó!

— Feliz quem se apoia no Deus de Jacó!

— Bendize, minh’alma, ao Senhor! Bendirei ao Senhor toda a vida, cantarei ao meu Deus sem cessar!

— Não ponhais vossa fé nos que mandam, não há homem que possa salvar. Ao faltar-lhe o respiro ele volta para a terra de onde saiu; nesse dia seus planos perecem.

— É feliz todo homem que busca seu auxílio no Deus de Jacó, e que põe no Senhor a esperança. O Senhor fez o céu e a terra, fez o mar e o que neles existe.

Evangelho do dia (Mt 13,47-53)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 47“O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. 48Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam. 49Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos, 50e lançarão os maus na fornalha de fogo. E aí, haverá choro e ranger de dentes. 51Compreendestes tudo isso?” Eles responderam: “Sim”. 52Então Jesus acrescentou: “Assim, pois, todo mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas”. 53Quando Jesus terminou de contar essas parábolas, partiu dali.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

Confira abaixo o #minisermão desta quinta-feira: “Para viver bem é preciso aprender a maravilhosa arte do discernimento (Mt 13,47-53).”

#minisermao 

Para viver bem é preciso aprender a maravilhosa arte do discernimento! Viver é decidir, mas para decidir é preciso discernir entre o bem e o mal. Entre as coisas boas, o que é melhor; entre as melhores coisas, o que Deus quer pra mim! E, quando eu souber a vontade de Deus, devo realizá-la em minha vida com todas as minhas forças, com todo o meu amor! O discernimento, a prudência é uma grande virtude! Pessoas que têm discernimento conseguem olhar todos os dias no espelho e enxergar a sua verdadeira dimensão. Antes de decidir, permita-se um tempo de discernir (Mt 13,47-53).

Pe. Joãozinho, scj

Ouça o #minisermao no vídeo do Evangelho do dia!

Conheça o Catequistas Brasil, o maior evento para catequistas que você já viu!

Diretório Catequese

Veja também a liturgia diária de amanhã:

Liturgia Diária: 17ª Semana do Tempo Comum | Santo Inácio de Loyola | Sexta-feira – 31/07/2020

 

Você também pode gostar

1 comentário

Maria jose de oliveira 30 de julho de 2020 - 09:47

Amei!!!!Passagem BELISSIMA.DEUS TEM O PODER DE NOS MOLDER para o melhor de nossas vidas.Isso temos que aprender e ACEITAR.

Resposta

Deixe um comentário